O MEU MARIDO PROVOU E APROVOU O CÃO

Como eu já tinha contado em meu relato anterior, transei com o meu cachorro o Silk, quando o meu marido tinha ido viajar passando 3 noites foras. Eu queria contar pro meu marido, mas não sabia como. Queira convencer meu marido em aceitar o meu relacionamento com o cachorro,mas não sabia como, não saberia como seria a reação dele. Foi lendo alguns contos eróticos, que tive uma idéia. A noite me produzi para Antonio, vesti uma lengerie bem sexi. Na cama começei abeija-lo, chupando a sua lingua. fui descendo. Beijei seus pelos no peito, enfiei minha lingua dentro do seu umbigo. A esta altura o seu cacete já saia de dentro da cueca e largava uma lubrificação. Fui descendo até beijar a ponta de seu cacete, passei a lingua na cabeça, e mamei como uma vadia, enfiava aquele cacete gostoso bem fundo em minha garganta. Passei a beijar o seu saco e chupar cada bola enfia-va tudo em minha boca. Antonio já estava indo a loucura com este banho de lingua que estava lhe dando. Foi ai que lambi o seu anus, enfiei a lingua nele. Queria ver qual seria a sua reação. Foi ai que senti que o seu cacete tinha ficado mais duro e mais grosso. Ele gemia.

Com uma mão eu punhetava o cacete dele e com a lingua em lambia o seu anus. Foi então que voltei a chupar o cacete dele e no cuzinho começei a enfiar o meu dedo indicador. Ele estranhou um pouco, mas senti que estava gostando, porque seu cacete estava cada vez maior, dentro da minha boca. Ele gemia, como nunca tinha gemido. Enfiei mais um dedo, e mais outro. Quando dei por mim estava com três dedos dentro do cu de meu marido. Foi quando ele não aguentou mais e gozou na minha boca, enfiei o cacete bem fundo quase na garganta, senti o esperma descer para dentro engoli tudo, tinha um gosto diferente ao esperma do meu cachorro. Após mudamos de posição e Antônio me chupou a xoxota e enfiava ao mesmo tempo dois dedos dentro até que gozei na sua boca. Foi uma transa muito gostosa. Após deitamos um ao lado do outro nos beijamos, pedi a ele se tinha gostado de sentir meus dedos dentro do cu dele, ele meio sem jeito disse que tinha sido uma loucura. nas noites seguintes, repetimos a transa só que substitui o meus dedos por cenouras e após por pepinos não muitos grossos. Meu marido adorava.

A cada noite eu fazia uma surpresa para ele. Foi então que em uma noite o Silk, estava deitado em nosso quarto, começamos a nos beijar ele pediu que eu tirasse o cachorro do quarto. Eu falei que hoje nós brincariamos com o cachorro, ele sem entender. Deixou. Trancamos a porta do quarto tiramos as nossas roupas, começamos a nos exitar, ao lado do cachorro. Pedi ao meu marido que ele ficasse de quatro pois teria uma surpresa para ele. Tirei de baixo da cama uma lata de leite condensado, que eu tinha escondido.O meu marido de quatro passei o leite no seu cu. Lambuzei bem. Chamei o Silk, este veio e começou a lamber o cu do meu marido.O Antonio ia a loucura gemia e se contorcia todo.O seu cacetejá estava bem duro. Falei no ouvido dele se ele não gostaria de sentir o pênis do cachorro dentro do seu anus. Ele só sorrio para mim, e concordou. Começei a alisar o penis do Silk, até ficar todo de fora duro e bem vermelho. o meu marido ainda de quatro, coloquei o Silk acavalado em cima dele. Apontei o pênis do Silk para a entrada do anus do meu marido. Com uma estocada entrou tudo, o meu marido quase desmaiou soutou um urro.

Começei a masturbar Antonio ao mesmo tempo que via e cuidava para que o Silk não saia daquela posição. O cachorro foi aumentando os seus movimentos, estocando cada vez mais fundo, foi então que ele deu uma estocada bem profunda e parou. Senti que o Silk, tinha gozado dentro do cu do meu marido. Continuaram engatados, o pênis do cachorro não saia do anus do meu marido. Entrei por baixo do meu marido e mamei como uma cadela o seus pênis até ele conseguir gozar em minha boca, foram jatos fortes que tratei de engolir tudo. Antonio gozou com o pênis do cachorro todo enfiado em seu cu. Eu ainda não tinha gozado, mas estava com minha xoxota toda molhada enxarcada. Silk se desgrudou do meu marido, o chamei e ele começou a lamber a minha xoxota. Fiquei de quatro o cachorro pulou em cima de mim. Tentou enfiar o cacete na minha xoxota. Virei de lado, subi por cima de meu marido que assistia a tudo. Começamos a fazer um 69. Empinei o meu trazeiro, o Silk se aproximou e eu o ajudei a enfiar o seu pênis no meu cu. Que já piscava de tanta tesão. Entrou tudo, senti o seu nó entrar também. Enquanto era chupada pelo meu marido sentia o cacete do cachorro cada vez mais grosso e duro dentro do meu cu. Senti que ele iria gozar. Eu já tinha gozado uma duas vezes na boca de Antonio . Antonio gozou em minha cara me lambuzando toda. Já o Silk enchia o meu cu de porra. Fiquei engatada no cachorro. Por um bom tempo. Meu marido me chupou novamente até gozar novamente. Após aquela noite o Silk virou o nosso amante meu e de meu marido. Ele comia as nossas bundas quase toda a noite.

Se você gostou deste meu relato, tenho outras experiências para trocar com você. Quero lhe contar do dia que o meu marido e o Silk... ...bom, esta história eu conto depois.

Um beijo. Sonnia - O meu email: sonnia@ca.conex.com.br